Sábado, 13 de Junho de 2009

Capitulo 2 ( Finalmente)

 

Montei-me no meu carro e conduzi toda a manhã e apenas parei para almoçar alguma coisa. Continuei a viagem e quando cheguei á vila da minha avó já passavam das 5 da tarde! Tinha viajado praticamente a manhã toda! Estava cansada, irritadiça, desatenta e cheia de fome! Quando cheguei há porta da morada que me foi indicada e fiquei pasmada, a casa não era nada do que estava há espera, até era um bocadinho melhor do que as minhas expectativas!
Desci do carro e toquei há campainha da minha avó! E adivinhem quem é que eu veio uma senhora de meia-idade, toda despenteada, histérica assim que me viu e me abraçou até eu ficar sem folgo. Pois adivinharam era a minha querida Avó.
         - Carol, há tanto tempo, como estás crescida! – Berrou a minha avó no meu ouvido.
         - Olá avó, também tive muitas saudades tuas, podes-me ajudar com as malas? – disse eu calmamente.
A minha avó foi reclamando o caminho todo até ao meu quarto, e acreditem que o caminho era bem curto, ou por tinha trazido muitas malas, ou porque estava muito magrinha!
Bem isto ia ser dois meses intermináveis. Mas também tinha um plano… Ia passar a dia inteirinho fechada no meu quarto a ouvir música ou a teclar com os meus amigos no portátil. Fácil não?
Já era hora do jantar e a minha avó me chamou para ir comer. Desci as escadas e o cheirinho maravilhoso da comida já me dava água na boca! Acho que já me tinha esquecido que a minha avó era a melhor cozinheira do mundo e arredores.
        - Espero que gostem da comida, Carol sei que é a tua favorita – disse docemente a minha avó servindo-me a comida para o prato.
        - Obrigada avó, vou adorar tem um cheirinho maravilhoso – disse quase babando para o prato.
         - Espero que gostes de aqui estar na Vila, pode ser pequenina, mas as pessoas são muito acolhedores e amigáveis.
         - Claro que vou adorar estar aqui, isto é maravilhoso! – disse com a minha voz cheia de sarcasmo.
        - Espero que não te importes não é que eu tenho um curso de jardinagem durante a semana das 8 da manhã até as 5 da tarde, espero que não te importes… - disse a minha avó como se sentisse culpada.
        - Não avó não vai haver problema nenhum – disse sorrindo por dentro, ficar sozinha em casa ainda seria melhor, pelo menos não tinha a minha avó a vigiar-me a toda há hora e poderia fazer o que bem quisesse.
        - Claro que podes sempre sair e dar um passeio pela vila, aqui há raparigas da tua idade muito simpáticas.
         - Pois, claro…
Lavei a minha parte da loiça, subi as escadas e estava pronta para me ir deitar. Estava a pensar como é que seria as raparigas e os rapazes daqui. Bem deviam ser uns chatos e humildes tal como a minha avó! Não consegui pregar olho, a cama não era da melhor e o barulho das telhas não ajudava. Estava cansada mas não conseguia dormir.
 Tinha um sentimento estranho, um aperto no coração. E eu não gostava mesmo nada desta nova sensação… Dormi depois de muito tempo… Acordei já passava das 11 da manha.
Vesti uns calções brancos até acima do joelho, um top cor-de-rosa clarinho e umas sandálias pretas. Desci as escadas e caminhei até á cozinha e vi um papelinho da minha avó colado no frigorífico. “ Chego às 5 horas, têm o almoço no frigorífico basta aquecer. Beijo da sua Avó”.
Óptimo! Iria estar completamente sozinha! Fiz umas torradas e um leite quente comi e liguei a Tv. Fiz zapping pelos vários canais, mas infelizmente não estava a dar nada de jeito! Isto da minha avó não ter TV por cabo também não ajudava. Decidi desistir de fazer zapping e subi as escolas e liguei o meu portátil.
Enquanto o PC ligava me lembrei do meu telefone esquecido na minha mala. Liguei – o e vi 5 chamadas não atendidas, 2 da minha mãe, 2 do tal rapaz o Dave e 1 da Demi. Também tinha uma mensagem da Demi a pedir para ir á internet. Esta era recente.
Calhava mesmo bem. Resolvi mandar um sms ao Dave a dizer que infelizmente não estava em Nova Iorque por isso não podia ir ter com ele. Até tinha gostado dele, apesar de saber que ele comigo só queria é sexo, mas pronto, já ultrapassei.

Casa da avó - http://i589.photobucket.com/albums/ss331/martuxa11/7201711.jpg
Caminho - http://i589.photobucket.com/albums/ss331/martuxa11/ATT00019.jpg
http://i589.photobucket.com/albums/ss331/martuxa11/Breaking_through_II_by_Karisca.jpg
http://i589.photobucket.com/albums/ss331/martuxa11/4e21ae16c89f815d2bacb8b8b69cee48.jpg
Ipod - http://i589.photobucket.com/albums/ss331/martuxa11/untitledipod.jpg
Look da Carol - http://i589.photobucket.com/albums/ss331/martuxa11/gyhvufjcd4.gif

 


N:A Olaaaa Pessoal, espero que gostem do 2º capitulo...  Está bem mais pequenino do que o outro e menos empolgante, mas pronto não me podem pedir muito!

Bem desculpem a demora mas é que tenho andado muito ocupada e nem tempo para actualizar este blog tenho!

Bem e por agora é tudo comentem muito.

Publicado por Marta (*) às 15:17
link do post | Qeres 1 capitulo ? COMENTA !
1 comentário:
De M a 2 de Agosto de 2009 às 21:08
mUITO FIXE


Comentar post